AnsiaMente

Sobre coisas irritantes e inquietantes

Sobre recalques e puritanismo

Por Carmen Guerreiro   Em maio eu visitei uma exposição fascinante no Museu do Sexo, em Nova York, que apresentava basicamente como a internet mudou a maneira das pessoas pensarem … Continuar lendo

27/07/2013

Sobre as manifestações em SP

Por Carmen Guerreiro Já mencionei algumas vezes que moro no centro de São Paulo. No primeiro dia de protestos, ouvi gritos e explosões fortes. Corri até o quintal quando vi … Continuar lendo

15/06/2013

Junk food não é sempre o mais fácil. Nem rápido.

Por Carmen Guerreiro Semana passada eu estava em um voo, daqueles que duram a noite toda, e na hora do café da manhã (umas 5 horas da matina) a comissária … Continuar lendo

11/06/2013

Trabalho no tempo do computador (e das cavernas)

Por Carmen Guerreiro Em primeiro lugar eu queria me desculpar pela ausência. Período para lá de turbulento! Espero que ainda tenha alguém aí do outro lado. Vamos lá: Fui a … Continuar lendo

10/05/2013

O que é arte?

Por Carmen Guerreiro Eu tirei essa foto em 2008, em uma exposição em Praga, na República Tcheca (está escrito, alternadamente, “isso é uma obra de arte” / “isso não é … Continuar lendo

04/04/2013

Somos mesmo a juventude desmobilizada?

Por Carmen Guerreiro Passei minha vida toda ouvindo das pessoas mais velhas que minha geração (Y) e as gerações mais novas (Z) eram apolíticas, desmobilizadas, apáticas. Zumbis criados em frente … Continuar lendo

15/03/2013

O que é dia da mulher?

Por Carmen Guerreiro Recentemente, tive uma troca de emails muito interessante com uma leitora do blog. Ela leu, com muito interesse, diversos posts do AnsiaMente, até chegar a um dos … Continuar lendo

08/03/2013

Por que precisamos de heróis do esporte?

Por Carmen Guerreiro Recentemente, três casos envolvendo atletas famosos chocaram o público. O mais antigo deles diz respeito ao ex-ciclista Lance Armstrong, que ficou mundialmente famoso por quebrar o recorde … Continuar lendo

22/02/2013

A chantagem da dó

  Por Carmen Guerreiro   Hoje entrei em um ônibus de São Paulo e passei por um homem que vendia canetas. Mas ele não apenas vendia canetas, ele também fazia … Continuar lendo

15/02/2013